[cmdexe #8] Copiar output de um comando para a clipboard

A linha de comandos do Windows possui uma funcionalidade bastante interessante e que por vezes pode dar bastante jeito.

Imagine que pretende correr um comando do género ipconfig /all e copiar o seu output para um ficheiro de texto. Aí teria de executar o comando, selecionar todo o texto de output, copiá-lo e só depois colá-lo no sitio desejado.

No entanto, existe uma forma de acelerar este processo, basta que após o comando inserido acrescente o sufixo “|clip”, por exemplo:

ipconfig /all |clip

Após correr o comando, basta ir a um ficheiro de texto e fazer colar.

clip

Pode experimentar com qualquer comando que tenha um output.

[cmdexe #6]Como aumentar o número de linhas da consola cmd.exe

Por vezes, existe a necessidade de correr comandos ou programas na linha de comandos do Windows cujo output é demasiado grande, fazendo com que a consola não mostre todas as linhas.

Felizmente, existe uma forma de aumentar o número de linhas que a consola mostra, para isso siga os seguintes passos:

1. Abrir a linha de comandos, clicar no ícone que está no lado esquerdo da barra de titulo e depois no menu que surge clicar em “Properties” (Propriedades):

cmd1

 

2. Na janela que surge, ir ao separador layout (Aspeto em português) e depois aumentar o valor “Height” da área “Screen Buffer Size”:

cmd2

Assim, ficará com mais espaço na linha de comandos.

Dúvidas ou questões nos comentários, obrigado!

[cmdexe #4] Terminar Processos na PowerShell

Através da Poweshell, é possível gerir os processos do computador, assim na próxima vez que pretender terminar um processo, em vez de ir até ao clássico “Task Manager”, experimente fazer o mesmo nesta nova linha de comandos do Windows.

Para visualizar a lista de processos a correr no Windows, deverá digitar na PowerShell, o seguinte comando:

get-process

Irá então visualizar a lista:

Como podemos concluir, esta lista é enorme, por isso se o que queremos é um processo específico, podemos filtrar pelo mesmo, adicionando um espaço e parte ou o todo do nome do processo ao comando get-process, por exemplo, caso queiramos terminar o processo Steam, podemos fazer o seguinte:

get-process steam

Desta forma apenas irá aparecer este processo

Para terminar o processo, basta escrever o comando

stop process -id <id do processo>

Neste caso, para terminar o processo Steam, basta que se execute:

stop process -id 7880

Após premir a tecla enter, o processo é então terminado.

[cmdexe #3] Concatenar o conteúdo de ficheiros de texto (Comando Cat)

Nota: Esta dica só funciona na Powershell

A Powershell possui um comando bastante útil que é o cat. Bastante conhecido pelos utilizadores de sistemas operativos Unix-Based, e que permite mostrar o conteúdo de um determinado ficheiro diretamente na Shell e concatenar (juntar) o conteúdo de vários ficheiros.

Para mostrar o conteúdo de um ficheiro, basta corrermos o seguinte comando:

cat <nomedoficheiro.txt>

Desta forma, o conteúdo do ficheiro especificado será mostrado no ecrã da Powershell.

Para concatenar o conteúdo de dois (ou mais) ficheiros, basta escrever o nome dos ficheiros separados por espaços:

cat <nomedoprimeiroficheiro.txt> <nomedosegundoficheiro.txt>

Será então mostrado no ecrã da Powershell os conteúdos dos dois ficheiros concatenados (o texto do primeiroficheiro seguido do texto do segundoficheiro).

No entanto, agora você questiona-se, “como é que eu gravo isto num ficheiro?”, a resposta é simples, lembra-se do segundo número da nossa rúbrica? Principalmente do “>” ?

Então, neste caso imaginando que queremos concatenar os dois ficheiros anteriores num ficheiro “concatenado.txt”, o comando a digitar é o seguinte:

cat nomedoprimeiroficheiro.txt nomedosegundoficheiro.txt > concatenado.txt

E está feito!

Dúvidas, sugestões ou críticas, utilizem a caixa de comentários. Obrigado!

 

[cmdexe #2] Como escrever o resultado de um comando num ficheiro de texto

Por vezes, temos necessidade de escrever para um ficheiro de texto, o resultado de um determinado comando, como por exemplo a listagem de ficheiros e subdiretorias de uma determinada diretoria.

Para isso, quando pretender escrever o resultado de um comando num ficheiro, basta digitar o seguinte:

nome do comando > diretoria e nome do ficheiro.

Ok, compreendo que não tenha sido muito perceptível, vamos agora ver um exemplo, se quisermos escrever num ficheiro de texto com o nome “c.txt#, os conteúdos da diretoria C:\ , o comando é este:

dir c: > ficheiro.txt

Ou seja, como poderá ver através do carater >, podemos redirecionar o output de um comando para um ficheiro à nossa escolha.

No comando anterior, o ficheiro.txt foi criado na diretoria que estávamos quando o executámos (poderá ser vista através do comando pwd da PowerShell), no entanto se desejarmos podemos sempre selecionar a diretoria onde o queremos criar, por exemplo, se quisermos criá-lo numa pasta “ficheiros” que se encontra na C:\, então o comando será assim:

dir c: > c:\ficheiros\ficheiro.txt

E é assim que funciona esta funcionalidade, por vezes bastante útil da linha de comandos do Windows.

 

[cmdexe #1] O editor de texto “edit”

cmdexe, é a nova rubrica do meu blog, onde irei escrever artigos específicos sobre as linhas de comandos Power Shell e cmd.exe do Windows.

Neste primeiro artigo, vou apresentar um editor de texto que o sistema operativo da Microsoft tem escondido nas versões de 32 Bit do Windows, o seu nome é edit.

Para verem o edit, basta abrir a linha de comandos do windows (Run -> cmd, ou Executar -> cmd na versão portuguesa) e escrever o comando edit ou edit nomedoficheiro.txt caso queira editar um ficheiro já existente ou criar um novo com esse nome.